segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Leia o texto abaixo.



As vezes as pessoas não entendem minha indignidade com o "mundo cotidiano", a questão do limite da sociedade as vezes me assusta de maneira absurda. É compreensível você ver uma pessoa que viveu em um sitio, por grande parte da sua vida, ter um nível de cultura diferenciado, digo isso porque talvez ele não saiba quem é Picasso ou Napoleão, mas ele por sua vez tem cultura sobre o que há de se entender por um homem legitimamente caipira, ou vai dizer que você, como ele, entende tão bem o tal "mato".

Coisas não compreensíveis são aquelas na qual me deparo em meu dia-dia. Infelizmente o jovem brasileiro está muito longe de atingir níveis intelectuais e cultos como os dos europeus ou asiáticos. Talvez, se alguém que não é do "ramo" ler esse texto, vai me criticar de maneira absurda, mandar-me ir para aonde você sabe e por fim me chamar daquilo lá. Mas infelizmente é verdade, o que acontece atualmente é um caos. Os jovens estão perdidos e voláteis, a falta de cultura e de objetividade na vida das pessoas neste país é fora do comum, é errônio gastar o momento mais produtivo de nossas vidas de maneira ignorante e falha.

Não são ideias falhas que iriam me guiar, se a grande maioria vive em um mundo de fantasia, por um guia não sustentável, o problema não é meu. Mas pense bem, entregar uma parte da vida, por um estilo, uma imagem, uma frase. Vale a pena?

Ah, minha amiga sociedade, o que há de ter feito para tudo estar assim?

Felippe Fiori dos S. F. de Aquino

12 comentários:

Gui ¬¬ disse...

"Os jovens estão perdidos e voláteis, a falta de cultura e de objetividade na vida das pessoas neste país é fora do comum..."

tens razão, e adorei o texto inteiro. Fico impressionado com o nivel de cultura dos meus amigos, colegas e enfim; pareço um extraterrestre qdo tento falar de politica ou de outras coisas q não sejam a festa de sexta ou o funk do ganso doido rsrsrsrs

abraços!

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. If is possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll, I thank. Good bye friend.

Malu disse...

Oiê...
Curti muito o que escreveu e deve dizer que concordo com você.
Ah, te adicionei no meu blog, ok?
Bjs.

patty :) disse...

Oi! :) Tava passando por uns blogs e encontrei o teu!
E tenho que te dizer que concordo completamente com tudo que tu disse aí! É impressionante como hoje em dias as pessoas não se dão conta mais de que cultura é o melhor caminho pra ter/ser alguma coisa na vida!
E eu digo, porque convivo com muita gente que é assim. Às vezes, acho que eu nasci na época errada x)
Parabéns pelo texto! beijos! :*

Fernanda disse...

Muuuuito bom o texto.
Eu sempre penso nessas coisas também. Dói saber que a grande maioria dos meus amigos não sabem de nada, a não ser BBB e coisas do gênero.
Gostam da alienação, deve ser gostosa com catchup. :/

www.anoivaneurotica.blogspot.com

barb michelen disse...

Hi again, see tthis is the site i told you i signed up to. It has some nice information about how to make money using OPP, i think you might find it interesting. here it is. bye!

Aline disse...

Olá!
Estava eu passando pelo blog de um grande amigo que por mero acaso foi o primeiro que comentou o post.
Bom, logo de início quero dizer que infelizmente concordo, sim, eu sei que entendeu meu infelizmente. Realidade ridícula em que vivemos. Aceitar?
Seria a opção?
Não.
Mas o que fazer logo de cara?
Confesso que fico perdida.
Percebi que já faz um tempo que postou.
Eu sei que na tua cabeça, talvez ainda não protejada o suficiente, mas você tem uma resposta pra mim.
Quando quiser expressá-la, por gentileza se dirija à página de comentários do Sr. Guilherme Ferreira do Óbvio Ululante.
Sempre passo por lá e verei se tiver alguma "coisa" pra mim.
Desde já agradeço tua atenção.
O conteúdo do teu blog é impressionante.
Penso em fazer um, mas acho que minhas idéias não estão maduras o suficiente para tal.
É, acho que já me empolguei o bastante por aqui.
Desejo que continue em paz.
Um beijo para um garoto que nem "conheço"...rs
Evaporei o.O =)

Melinda disse...

Achei realmente impressionante a forma como você colocou tal realidade em pequenos pixels.
Continue escrevendo, deveríamos incentivar mais os jovens SIM, mas eles não recebem estímulos, não vêem razão.
Beijos, Isabella

ps:04/12/1992

Fabrício disse...

Mas pense bem, entregar uma parte da vida, por um estilo, uma imagem, uma frase. Vale a pena?

gostei

Anônimo disse...

um ano sem os textos do felipe! :P

Marcondes

Rafael disse...

Boa noite.

Já faz alguns meses que mudei o endereço de meu blog, antes no wordpress e agora no abril.com, caso você tenha o meu link no blogroll, por favor troque para http://blogs.abril.com.br/marketing

Agradeço a atenção.

Young Gun disse...

Apenas pedante.